3) Aeromodelismo, O Hobby!

O Aeromodelismo começou, para mim,com aqueles aviõezinhos de Papel, que todos aprendemos a fazer, ainda crianças, e que , atrevo-me a dizer,
,podem ter inspirado os projetistas de jatos supersônicos como o Concorde , entre outros.
Vale a pena seguir o – link abaixo:

www.youtube.com/RXZ3UunoCwQ

OBS.:   O YOU TUBE é rico em exemplos! Explorem!                                           https://youtu.be/JmRkxZT4XhY

Passada a fase dos  primeiros aeromodelos,, planadores, sem motores, os aeromodelos receberam  hélices, que os impulsionavam  pela força gerada por um ou mais, finos elásticos  entrelaçados  que eram atados a uma trave interna, na fuselagem, e  à hélice, a princípio de madeira e, posteriormente, feitas de plástico (anos 50) , e, mais tarde, de nylon e fibra de carbono,estas lá pelos anos 70, se não me falha a memória, do muito que li sobre oeste “hobby” .

Os planadores a princípio, assim como os modelos movidos a elástico,  eram construídos de varetas de madeira Balsa,e/ou Spruce extremamente leves e flexíveis e/ou spruce ,também leves e flexíveis , que com pequenos pedaços de chapas de balsa usadas em sua fuselagem,assim como suas asas, estabilizador e Leme , formavam o “esqueleto” da do aeromodelo,que como as a asa (ou asas, nos biplanos\s. asas e outras superfícies como  o estabilizador e o Leme eram, então, cobertos (ou entelados) com seda bem fina e s leve, e  o chamado “Papel-japonês” que colados à essas estruturas,recebiam uma fina “demão” de verniz à base de acetona, o conhecido “dope”, que os esticava e enrigecia,  sendo, depois,montados à fuselagem propriamente dita, , também  construída com varetas, as maís resistentes e flexíveis, e  enteladas e pintadas,( nem sempre). A asa ou asa, nos boplanos eram montadas na fuselagem , presas por elásticos de aprox. 1 mm de espessura e 4 e, até, 6 mm de largura, fortes, o suficiente, para assegurarem um voo “perfeito” , que era livre, sem comando  por parte dos “pilotos”.Modelo aelástico con 58cm de envergadura, da Caasa Aerobrás, São Paulo.

Aeromodelo Pardal, movido a elástico, da tradicional Casa Aerobrás, SãoPaulo

Modernamente, ( desde os anos 60) passou-se a usar o Monokote *, e similares, finíssimas folhas de plástico, coloridas aderidas às estruturas por meio de calor, gerado por mini-ferrinhos,como os de passar roupa,e por secadores, como os de cabelo, que permitiam, então ,colagem e acabamentos perfeitos, sem necessidade de pinturas, e, com baixíssimo peso.

* Monokote é marca registrada da Top Flite.

Trarei nais detalhes , em  Posts próximos..

 

You can Deixar uma resposta, ou rastrear a partir do seu próprio site.

Deixe uma Resposta